sábado, 14 de maio de 2011

Ele jamais tirou os pés do chão. Ela vivia de sonhos. Ele apenas pensava nos problemas. Ela os causava. Ele não via graça na vida. Ela procurava um pontinho de esperança em cada situação. Ele não sabia sorrir. Ela distribuía sorrisos para todos que atravessassem seu caminho. Eles são completamente incompatíveis, por isso jamais daria errado. Ela sabe que não existe proteção maior do que os braços dele, e ele esquece de qualquer problema quando mergulha nos olhos dela. Ela o admira da cabeça aos pés, e ele se surpreende com seu jeito alegre de levar a vida. Ela o ensinou a voar. Ele tornou seus sonhos realidade. Pode ter fim hoje, amanhã ou nunca. Para os dois, não importa. Eles sabem que tudo o que fizeram desde o princípio, os preparou para quando se encontrassem. Eles são tudo o que querem hoje, e isso basta. Porque, apesar de serem completamente diferentes, nasceram para o =mesmo amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário