domingo, 27 de março de 2011


E eu queria que você lê-se tudo o que escrevo sobre você, pois assim você saberia o grande efeito que ainda tem sobre mim. E mesmo que eu pare de ''gostar de você'' cada vez que alguem mencionar o seu nome, penso em tudo que não tivemos, e tudo que podiamos ter tido, tudo passa como num filme, todas as oportunidades passando, as palavras entaladas, o sentimento inesplicavel de ter você ali do meu lado, aquela noite você poderia ser meu, e eu não fiz nada, eu prometi a mim, que iria esquecer, apagar tudo, mas veja hoje. Estou novamente escrevendo sobre você. Acho que uma parte de mim ainda não se conforma com essa perda, e outra parta sabe, que não se perde o que nunca se teve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário