quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Bad Romance



Lembro do primeiro beijo. Das risadas estranhas, do olhar perdido. Você pegou na minha mão e disse nunca vou te abandonar. Hoje vejo que tudo passou de palavras pó, que se evaporaram junto com o vento. Nunca pensei que um dia perderia você. Que não estaria mais com as suas mãos entrelaçadas nas minhas, nunca pensei que pudesse ser forte o bastante para sentir meu coração ser despedaçado em pequenos cacos de vidro. E te olhar novamente. Mas por íncrivel que pareça eu não me arrependo. Foi muito mágico tudo o que vivemos. Devia eu me envergonhar de algo lindo e especial? Eu era jovem demais quando me encantei por você. Mas você me deu apoio, disse que nunca sairia do meu lado. E eu disse: promete? Que vai estar sempre aqui? E você disse sim.
O tempo passou, e eu vi você dizendo adeus. Mas como? Se era pra sempre se você tinha me prometido um mundo com você. Eu esperei, tentei de qualquer modo trazer você de volta, mas acho que antes de você me enganar estava enganado a si mesmo. Eu percebi que essa história de amor não tem nada a ver comigo, porque você não foi o homem que valeria a pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário